Páginas

sábado, 19 de abril de 2014

29# Resenha: O Senhor da Luz - A Saga de Datahrium | Graciele Ruiz


Autora: Graciele Ruiz
Editora: Novo Século (Novos Talentos da Literatura Brasileira)
Páginas: 320
Sinopse: EM UMA JORNADA PELO DESTINO DE DATAHRIUN SUAS ASAS SERÃO CAPAZES DE ALCANÇAR A LUZ? Lícia se sentiu muito sozinha quando o seu avô morreu, deixando uma chave e um pedido. Essa chave abria uma caixa muito poderosa, capaz de fazer viver, novamente, um planeta já morto: Datahriun. Porém, ela só poderia ser aberta por cinco chaves. A de seu avô era somente uma delas, e o seu pedido era para que Lícia as reunisse e encontrasse os seus guardiões. Desse modo, eles poderiam fazer o que ninguém havia feito antes. O Senhor da luz é uma estória sobre sonhos, guerras, amizades, tristezas e amor. Uma saga insana pela recuperação de Datahriun, onde vivem criaturas misteriosas com poderes fantásticos. Um lugar onde a magia é somente o começo!







“Os erros cometidos quando você não dá ouvidos à razão, e sim à emoção, podem ser os piores, os que deixam as maiores cicatrizes. No entanto, são aqueles dos quais, mesmo assim, você não se arrepende – e, se tivesse a chance, faria tudo de novo.”

A estória se passa no planeta Datahriun. Ele é dividido em nove continentes, cada continente é habitado por um clã específico, as pessoas desse planeta possuem poderes, que variam de acordo com o seu clã.

Neste universo nos deparamos com Lícia, uma jovem com 16 anos, de olhos dourados e cabelos ruivos, pertencente ao clã Kan. Antes da morte de seu avô, ela recebe dele uma chave, esta chave foi entregue à ele pelo mago Selaizan, O Senhor da Luz. O avô de Lícia dá a ela uma grande missão: reunir as cinco chaves que estão espalhadas por Datanriun antes da feiticeira Trayena, e assim salvar seu planeta. Ela parte do seu lar em busca dos “Guardiões das Chaves” que são pessoas de coração puro.

Passando por grades desafios, ela consegue chegar a sua primeira parada, Akinus, o clã do fogo. Lícia não foi bem recebida em Akinus e acaba sofrendo um acidente. Depois de desmaiar com toda a confusão ela acorda na casa de uma jovem bem simpática chamada Nahya, filha de um domador de dragões, que também é o líder do clã. Em Akinus cada habitante possuí um dragão ou uma fênix, que são escolhidos desde o nascimento.

Tempos depois, Lícia descobre que Nahya é uma guardiã, mas ela acaba perdendo a sua chave para a feiticeira Trayena. Após isso nossas heroínas partem à procura das outras chaves, deixando o que aconteceu para trás.

"Ele é o meu guardião e eu sou a guardiã dele. Dividimos cada sentimento, cada dor e cada alegria. Nosso coração bate junto."

O que tenho a dizer sobre o livro? É simplesmente incrível! A autora criou uma história cativante, e ainda ultrapassou um grande desafiou na mundo literário: criar um mundo completamente novo e criativo, e aja criatividade! Eu me senti totalmente envolvido por Lícia e sua jornada.

Os personagens do livro são bem distintos, tanto separadamente quanto se tratando deles como clãs, por exemplo, os habitantes de Akinus são bem orgulhosos. Individualmente falando, eu gostei muito da Lícia, ela era meio ingênua e inocente no começo do livro (.-.), mas no decorrer de sua aventura ela passou a amadurecer, se tornando mais sábia e conhecedora de seu mundo. Já a Nahya é uma personagem bem forte, ela não desiste e é uma grande guerreira, além de possuir uma forte ligação com seu dragão, chamado Layer.

"Nada é fácil e nada é de graça. Se quisermos muito algo que está fora de nosso alcance, devemos lutar para tê-lo."

O Senhor da Luz é o primeiro volume da Saga de Datahriun, não sei quando sairá o segundo volume, mas espero que seja logo, por que o final me deixou querendo mais... E por falar em final, foi eletrizante, eu adorei demais. 

E Graciele minha filha, realize meu desejo e lance a continuação o mais rápido possível, se não meu coração não aguenta esperar.

E minha nota para o livro é 5


E todas as imagens usadas nesta resenha foram retiradas do site oficial do livro (clique aqui). Nele vocês também podem encontrar outras informações sobre o mundo de Datahriun e sobre a sua criadora.


Um comentário:

  1. Obrigada pela resenha!! Eu amei, ficou muito bem escrita :)

    Beijos.

    ResponderExcluir