sábado, 2 de agosto de 2014

45# Resenha: Bullying - Matando Aula | L. L. Santos


Autor: L. L. Santos
Publicação: Clube de Autores
Páginas: 303
Sinopse: Uma sala de aula de um colégio público tem a surpresa de conhecer a morte sem precedentes, quando um homem mascarado entra armado de um revolver e decide que este será o último dia de aula. Durante os momentos fatídicos, os estudantes mostram-se tão macabros quanto o estranho que os colocara na mais desesperada situação de suas existências. Ódio, medo, amor, preconceito, racismo. Imperam as diferenças sociais entre alunos que fariam de tudo para saírem ilesos. Inclusive matar seus colegas. Um retrato da sociedade educacional do Brasil. Um episódio que possui tentáculos em todas as direções que se pode imaginar. Chacina é a palavra-chave para por um fim a tudo.








Estamos de volta galera!!! Uhuuul!! Bem, desculpe o meu sumiço esses tempos, a Xirley (apelido carinhoso do meu pc) teve uns problemas de saúde e precisou passar uns tempos internada no hospital (*s*). Por isso ficamos sem postar nada esses dias. Agora vamos á resenha:

"Ela acreditou que tinha visto os olhos por debaixo daquelas lentes redondas e escuras. E que eles diziam somente uma palavra: morte".

Bullying: Matando Aula retrata um acontecimento na cidade de Francisco Alves, no Paraná. Nessa cidade a sala do terceiro ano do ensino médio de uma escola é invadida por um homem mascarado, que faz todos os alunos e a professora de reféns.

O estranho mascarado é um homem cheio de cicatrizes, marcas e feridas, um ser completamente monstruoso. Os alunos tem certeza de sua morte e o estranho afirma isso à todo o momento.

"A juventude estava perdida. Nada mais havia a fazer. A escola que deveria comportar cérebros e corpos sãos, detinha na verdade, mentes em declínio em corpos dominados pela loucura social".

Os capítulos do livro são alternados entre o que acontece na sala de aula do terceiro ano, entre estórias separadas de cada alunos e sobre um menino chamado Carlinhos, vítima constante de Bullying.

A sala de aula invadida é a mais variada da escola, contendo alunos de todos os tipos, patricinha, prostituta, gordo, magro, musculoso, religiosos, entre outros, assim mostrando as mais diferentes realidades e estória possíveis, que são contadas de uma maneira direta, crua, sem rodeios, algo impactante e ao mesmo tempo fascinante. A cada página minha opinião mudava, quem pra mim era mocinho se tornava vilão de uma hora para a outra.

A escrita de L. L. Santos foi bem diferente do que estou acostumado, ele se usa de poucos diálogos, mas faz maravilhosas descrições. Apesar de ser um livro bem pesado, a escrita é muito rápida, só peguei o livro para ler três vezes e quando vi, já tinha acabado.

As criticas feitas pelo autor em relação a sociedade são muitas, não só o Bullying, mas outros assuntos vem à tona, isso faz com que o leitor pare para refletir sobre esses assuntos, sem querer largar a leitura, que me prendeu feito camisa de força.

A única coisa que não gostei na estória foi o autor praticamente afirmar em todo o livro que as pessoas que praticam Bullying não se arrependem do que fizeram e nunca vão mudar. Bem, eu já sofri Bullying, e acredito que as pessoas podem mudar, pra melhor ou pra pior, mas também sei que existem pessoas que nunca mudam. Para se resolver isso, não depende só do governo ou das escolas e professores, depende também das pessoas, dos pais e alunos. 

Por hoje é só. Minha nota é...



3 comentários:

  1. Ei!! Não conhecia o livro e achei muito interessante. O tema é bem comum no momento, mas é sempre bom ler mais um pouco sobre isso e ter mais opiniões.
    Adorei a resenha!
    Concordo com você, as pessoas podem mudar... nem todas, mas algumas podem e conseguem sim.

    Adorei o blog!! Lindo mesmo!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lelê, também adoramos o seu blog.....
      bjs
      ;)

      Excluir
  2. Olá!
    Sou novo aqui, o blog é muito bonito. Parabéns!

    Pela sua resenha, o livro parece valer a pena.
    Já adicionei a minha lista de leitura, gosto quando o livro flui rapidamente.

    Abraço
    literamusicas.blogspot.com.br
    facebook.com/literamusicas

    ResponderExcluir