quarta-feira, 5 de outubro de 2016

[129] Resenha: A Garota do Calendário - Janeiro | Audrey Carlan


Título: A Garota do Calendário - Janeiro
Série: A Garota do Calendário (Livro 1)
Autor(a): Audrey Carlan
Editora: Verus
Páginas: 144
Saiba Mais: Skoob
Sinopse: Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. 
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... 
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.

Mia Saunders é jovem aspirante a atriz, linda, batalhadora e que dá duro no emprego como garçonete todos os dias para poder pagar as contas e a faculdade da irmã mais nova, que ela praticamente criou quando a mãe foi embora, deixando-as com o pai, que também não ajudava muito em casa, já que vivia alcoolizado e apostando nos cassinos, mas sempre cuidou delas como pôde.

Certo dia, o pai de Mia é encontrado espancado por um grupo de criminosos e acaba ficando em coma, pois ele pediu um milhão de dólares emprestado à um dos grandes agiotas de Las Vegas, que também é ex-namorado dela. Agora ela tem um ano para pagar a dívida do pai ou toda a sua família estará em perigo. Sem outra alternativa, ela decide trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia, sendo contratada para um cliente diferente todo mês e, assim, pagar a dívida do pai.

"Mesmo vestida como uma Barbie, interpretando o papel de uma acompanhante-troféu, eu ainda era Mia Saunders. A garota que criou a irmã desde que ela tinha cinco anos, que cuidou de si mesma e iria salvar a vida do pai... mais uma vez. E eu esperava que fosse a última."

Em Janeiro, seu primeiro mês no seu novo trabalho, Mia vai para Malibu, servir de acompanhante para o jovem Weston Charles Channing Terceiro, ou melhor dizendo Wes, um famoso roteirista de Hollywood. Wes decidiu contratá-la para servir de companhia em eventos e festas, pois ele sempre é alvo de mulheres interesseiras a acaba perdendo chances de se relacionar com pessoas importantes.

Mia sabe que não é obrigada a dormir com seus clientes, afinal ela é uma acompanhante e não uma prostituta, é uma escolha dela fazer ou não sexo com eles, mas Wes se mostra um jovem jovial, divertido, charmoso e inteligente, além de ser muito gato. Ela esta caidinha por ele, mas se apaixonar não está nos seus planos, pois ela já teve o coração partido quatro vezes e ainda resta um ano inteiro de trabalho pela frente.

"Amor verdadeiro não existe. Passei anos imaginando que existisse. Na verdade achei que tivesse encontrado. Quatro vezes, para ser mais exata."

Quando a Verus Editora começou a lançar essa série, eu fiquei extremamente ansioso para poder lê-la, afinal a história me parecia interessante, as capas eram lindas, os livros são curtinhos e todos os volumes da série (que são 12, um para cada mês de trabalho da Mia) iam ser lançados atá o fim do ano, ou seja, não ia rolar aquela espera secular pelas sequências, mas eu esperei até o começo de setembro para começar à ler, pois eu queria ler algumas resenhas e saber se ia ou não gostar da leitura, fico feliz em dizer que gostei.

Pra começar, a escrita do livro é leve e fluída, até mesmo as cenas de sexo entre os personagens são fáceis de ler, o que me agradou bastante, pois alguns autores não sabem escrever muito bem esse tipo de cena e por vezes elas acabam se tornando um incomodo. Contudo, por o livro ser curto, o desenvolvimento de quase todos os personagens é bem subjetivo, o leitor só tem um bom vislumbre das personalidades da Mia e do seu primeiro cliente, o Wes. A história também não um grande aprofundamento e, provavelmente, não irá acrescentar muito à vida dos leitores, mas como entretenimento para quem gosta do gênero (o que considero ser o foco dessa série) é uma boa pedida.

"Se eu tivesse que voltar para ele, precisaria estar pronta para lhe dar o meu coração, porque o dele já era meu."

A autora focou muito no desenvolvimento de sua protagonista, Mia é o centro dessa série e acho que isso não poderia ser diferente. A narração em primeira pessoa nos permite conhecer vem sua personalidade, ela é uma mulher forte, determinada e corajosa, dona do seu corpo e nem um pouco ingênua, gostei bastante dela pois ela faz o que precisa e, principalmente, o que quer fazer. Ela também é sarcástica e, às vezes, bem ácida nas suas respostas, o que tornou a narração muito mais interessante e divertida. Gostei também do desenvolvimento que a autora deu para o conflito interno da Mia em relação à esse trabalho, o que gera algumas boas reflexões, trazendo uma dose maior de conteúdo sentimental para o livro.

Weston Charles Channing Terceiro, o par romântico da Mia nesse primeiro livro, é com certeza um personagem que arranca suspiros. Ele se mostrou uma pessoa de caráter, divertido e amigo, a química entre ele e a Mia é instantânea e a autora conseguiu desenvolver bem a relação deles, apesar das poucas páginas da história.

A Garota do Calendário - Janeiro é um livro com um premissa interessante e uma ótima protagonista. O livro é muito bom naquilo que ele se destina à ser, um objeto de entretenimento, não espere um grande aprofundamento da história, pois vai se decepcionar, mas se gosta do gênero e estiver procurando algo divertido e rápido para passar o tempo, pode ler sem medo. Pode ler sem medo, pois os livros são curtinhos e eu já li os seis primeiros volumes sem nenhuma grande decepção, apesar de algumas baixas na história. or enquanto, é uma série que recomendo.




21 comentários:

  1. Olá
    Adorei poder conferir sua resenha, especialmente por ter me identificado com suas impressões. Já li até o mês de junho, e até agora estou me surpreendendo com o rumo dos eventos. Mia é mesmo uma ótima protagonista, e impossível que Wes não arranque suspiros né, torcida eterna por ele haha Não deixe de conferir os outros..
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, José

    Essa série foi uma grande decepção para mim. A escrita realmente é fluida, mas os livros não têm história e aprofundamento, sem falar na Mia que é extremamente irritante e hipócrita. Na minha opinião, claro.
    E a Verus ainda faz o favor de lançar 12 livros. Na maioria dos países eles são lançados de três em três, faz muito mais sentido.
    Enfim, não curti a série e talvez nem termine.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá, boa noite! Pelo que veji essa série divide opiniões rs Eu estou cada vez mais interessada na leitura, mas confesso que não apaixonadamente, Mia parece ser interessante e relacionamento dela com o Wes também, mas poxa 12 livros é muuita coisa, já que não é nada muito profundo né. Talvez eu leia pra tirar minhas conclusões, mas pode demorar rsrs Sua resenha me animou mais viu, beijão.

    ResponderExcluir
  4. Eu desisti da série no segundo volume e acho que fui até longe demais. Ainda não consigo entender o sucesso destes livros. Tirando toda a sensualidade da trama, que ao meu ver é apelativa, vamos pensar no enredo que levou a Mia a viver todas essas situações, a tal dívida do pai: cadê a polícia????? Não engulo este plot, superficial demais!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Nossa, sua resenha é uma das melhores que li até agora desse livro, e se eu já estava bastante curiosa pra ler, depois de todos os pontos positivos que você apontou, fiquei mais ainda!
    Minha amiga comprou e vai me emprestar, então não vai demorar pra conferir se tudo que você é verdade (o que acredito que seja!).

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  6. Eu vejo tantas, mas tantas pessoas falando dessa série, mas não consigo me animar pra lê-la. Eu acho super interessante a ideia de lançar uma por mês, como se fosse um calendário mesmo, mas o gênero não me atrai de jeito nenhum.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  7. Oi José!

    Eu ainda estou num limbo de indecisão e angustia por não ter decidido se leio ou não essa série. Eu até tenho os dois primeiros volumes aqui em casa e já li milhares de resenhas sobre ele, mas não sei... tem algo me travando para me aventurar nesse trama. Primeiro que eu morro de medo da Mia ser confundida com uma prostituta, mesmo você falando que isso não acontece e, segundo, essa trama não me convence em nada. Talvez seja só preconceito meu. Bem, de qualquer forma, sua resenha está incrível, trouxestes aspectos do livro que ainda não conhecia.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  8. Oi José,

    Que bacana que você leu o primeiro livro da série. Eu já estou lendo o mês de julho e apesar de ter visto muita gente criticar o desenvolvimento da série, eu gostei bastante do que vi até agora. Os meus meses favoritos é março e junho. Espero que você leia os outros.

    beijos =)

    ResponderExcluir
  9. Olá José,
    Que legal que você leu o livro e gostou da história dele. Já li até Março e até agora não gostei muito da série, mas Fevereiro foi o pior mês.
    Diferente de você não achei a Mia uma ótima protagonista, achei sua construção bem fraca e pouco desenvolvida. Acho que o principal motivo é que ela pensa em fazer algo e, logo depois, muda de opinião.
    Espero que os outros livros da série te agrade.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Oii José, tudo bom? Que bom que gostou da leitura e está apreciando a serie! Eu li os 5 primeiros até agora e o Janeiro continua meu favorito, apesar de ter gostado bastante de Março e Maio também. É uma serie que lerei até o final. A Mia é uma protagonista super cativante e bem humorada. Além disso alguns mocinhos são muito legais, em especial o Wes e o Tai <3 Espero continuar gostando daqui pra frente. Gostei da resenha!! :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá, José. Tudo bem?
    Que bom que você gostou do livro. Bem,para ser sincero, achei legal a sua resenha, mas não me interessei pelo livro. Acho que o principal motivo é eu não gostar do gênero. Além disso, achei uma série muito extensa, 12 livro? É muito. Conheço algumas pessoas que gostam do gênero e são fissuradas por séries. Com certeza, eu vou indicar. Obrigado pela dica e até mais.
    Abraço!

    meuniversolb.wixsite.com/meuniverso

    ResponderExcluir
  12. Oi José
    Que bom ver uma resenha desse livro sob um olhar masculino. Tenho vontade sim de conhecer a saga de Mia ao longo dos dose meses e suas considerações me fizeram ter certeza de que já começa bem.
    Estou com muitos livros na fila, mas espero ter oportunidade de ler esse em breve!
    Adorei a resenha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu li esse volume em questão de horas, comecei e simplesmente não conseguia mais parar! Adorei o destaque e como a personalidade da Mia é trabalhada nesse volume, sem falar no Wes, tem como não torcer por eles?
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá amigo tudo bem? Já conferi algumas resenhas desta série e confesso de não gostei de sua premissa no total. Realmente livros que se passam em primeiro pessoa é otimo para que conheçamos mais profundamente nossa personagem central.

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    já li esse volume da série e tive as mesmas impressões que você, o que me surpreende pois é a primeira opinião desse livro que vejo dada por um menino. A autora realmente acertou ao colocar a protagonista como centro da série, afinal tudo se desenrola ao redor dela. Também gostei bastante da escrita dela, que é tão boa que torna a leitura bem mais fácil e rápida.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Resenha objetiva e cheia de coisas que podemos dizer "essa é a cara do José.". Digo isso porque conseguimos ver a mistura entre uma fala mais estruturada e algo que permeia a fala espontânea; gosto disso. Quanto ao livro, essa proposta de dividir o livro em vários volumes me lembrou muito os títulos que eram veiculados por periódicos/jornais, em que cada capítulo ou passagem vinha numa edição, ganhando o leitor e fazendo com que comprasse a edição seguinte. Marketing esperto hehe
    Porém, achei o enredo fraco. Não me convenceu a adquirir as próximas edições, por exemplo. Contudo, minha opinião, pois procuro outro tipo de entretenimento. Do mais, gostei muito da sua abordagem.

    Grande abraço.

    Leonardo Lagassi
    Equipe Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  17. Oie,

    Eu comecei a ler, mas eu não gostei. Achava que a Mia iria apenas ser acompanhante, juntar a grana para tirar o seu pai do problema, mas foi o oposto. Em pouco tempo ela se entrega para o primeiro cara, o enredo é muito rápido, poucos são os detalhes. Em minha opinião, o enredo é um pouco superficial, apesar de várias pessoas falarem que o livro melhora nas obras seguintes... Mas não gostei! Suas colocações foram válidas, e vc dissertou de forma honesta.
    Abcs

    ResponderExcluir
  18. Oolá.

    Não consegui ter a mínima vontade de ler esta série, pois definitivamente não gosto da proposta do livro muito menos do gênero.

    Creio que livros eróticos tiram a magia da literatura, mas claro, minha opinião.

    Hoje deixo sua dica passar. Abraços 0/

    ResponderExcluir
  19. Olá querido tudo bem?
    Então assim como você eu esperei para começar a ler os livros da serie até o momento só li Janeiro que eu gostei assim como você disse não é um livro que agregam mais para quem assim como eu adora uma leitura para passar o tempo é uma boa pedida. Eu li o mês de fevereiro também mais não foi tão bom então vou esperar mais um pouco para fazer uma maratona com os livros restantes e descobrir enfim o quee vai acontecer com Mia.
    Adorei sua resenha
    Bjus
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  20. Oie!!!
    Também tive essa ideia de que a autora vai focar na vida da Mia e na resolução do problema imediato dela; pagar a dívida. Mas imagino que o decorrer dos meses traga uma mudança bem grande na vida dela e quem sabe um aprofundamento na trama.
    Gostei muito de sua resenha que sem ter spoilers nos apresentou muito bem o livro e eu fiquei curiosa com esse Wes!
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Caminhando Entre Livros
    Http://www.caminhandoentelivros.com.br

    ResponderExcluir
  21. Achei ótimo ela usar o primeiro livro pra caracterizar a personagem, realmente não dá pra esperar a melhor e mais concreta história pelo número de paginas, mas, acho que quer ler tudo vai gostar sim.
    Eu passo livros do gênero, mas, otimo post.

    ResponderExcluir